Lomadee

sábado, 23 de julho de 2016

Seminário Sobral de Futuro reúne população para construir plano de visão

O Seminário Sobral de Futuro reuniu mais de 300 pessoas, no dias 21 e 22 de julho, que participaram de palestras, apresentações de dados do município, plenárias e oficinas, no Centro de Educação à Distância do Ceará (CED). O objetivo foi avançar na construção do Plano de Visão, com base nas mais de 800 contribuições com sonhos e desejos da população, enviados através do site e redes sociais, e ideias apresentadas por mais 1.390 pessoas durante as 36 reuniões. O evento abordou o conceito de cidades criativas, desenvolvimento econômico e urbanização sustentável, novas abordagens para a integração social e contenção da violência, revitalização do ecossistema hídrico da região e desenvolvimento e governança.

“Para transformar o plano em realidade é preciso que a comunidade participe e seja dona do plano, como ela é dona da cidade. A cidade não é do político e não das empresas, a cidade é das pessoas que moram nela e são elas que precisam construir os seus sonhos e ajudar a torná-los realidade. Estou feliz por estar em Sobral, que já é exemplo para tantas coisas, e tenho certeza que vai dar mais um exemplo para o país: como construir poder público e sociedade civil um plano para 30 anos e transformar esse plano em realidade”, afirmou Alexandre Schneider, responsável pelos programas Inovação na Política e Cidades e Territórios, do Instituto Arapyaú.

O projeto Sobral de Futuro visa definir, através da construção participativa, propostas capazes de intensificar os avanços conquistados em áreas cruciais como educação, saúde e renda, e promover o desenvolvimento sustentável da cidade. Os principais fomentadores do projeto são a Votorantim Cimentos, Instituto Votorantim, Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Instituto Arapyaú, Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE).
Postar um comentário