Lomadee

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Parecer pró-impeachment é aprovado por 38 a 27 votos em comissão da Câmara

Por 38 a 27 votos, a comissão especial do impeachment aprovou na noite desta segunda-feira, 11, o parecer favorável à abertura do processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff (PT).
Os 25 partidos orientaram as bancadas de seus partidos para que votassem a favor ou contra o relatório do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), que aprovou a admissibilidade do impedimento da presidente Dilma Rousseff (PT). A sessão (durou quase 11 horas) contou, antes do seu início, com confusão entre parlamentares da oposição e da base para registrar presença na sessão.
A tensão aconteceu entre os deputados Carlos Marun (PMDB-MS) e Vitor Valim (PMDB-CE), favoráveis ao impeachment, e os governistas Orlando Silva (PCdoB-SP) e Hildo Rocha (PMDB-MA). 
Próximos passos
Agora, o parecer do relator segue para o plenário da Câmara. Depois de 48 horas, ele será encaminhado para a análise de todos os deputados. A previsão é que isso aconteça na próxima sexta-feira, 15, até o domingo, 17, quando acontecerá o pleito para a abertura, ou não, do processo.
Se aberto, a presidente é afastada do cargo por até 180 dias, enquanto o processo é encaminhado para o Senado, que decide pelo impeachment de Dilma ou pelo arquivamento da denúncia. O processo também é arquivado se menos de dois terços dos deputados federais votarem contra a abertura do processo no domingo.
Voto dos partidos
Liberou a bancada: PMDB, PHS, PP e Pros
A favor: PSDB, PSB, DEM, PRB, PTB, SD, PSC, PV, PPS, PSL e PMB.
Contra: PT, PDT, PcdoB, Psol, PSD, PR, PTN, PTdoB, Rede e PEN.
Postar um comentário