Lomadee

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Caravana de Sobral participa de estreia do filme ‘O Começo da Vida’

O desenvolvimento do ser humano, através da combinação entre sua carga genética e as relações com aqueles que os rodeiam é o tema do filme ‘O começo da vida’, lançado na última terça-feira (10), no Cineteatro São Luiz (Fortaleza). A sessão, aberta ao público, contou foi promovida pelo Instituto da Infância (IFAN)  e do  Governo do Estado, por meio do Gabinete da Primeira-Dama, com apoio também das Prefeituras de Fortaleza e de Sobral.  A primeira exibição do filme foi acompanhada pela caravana sobralense composta por profissionais das áreas da saúde, educação e assistência social.

De acordo com Luzia Laffite, superintendente do Instituto da Infância, “olhar para a criança de 0 a 6 anos significa fomentar a igualdade social, diminuir a pobreza infantil, exterminar as violências contra as crianças, que são sempre cruéis em seus efeitos. Este filme representa a expressão desta primazia, pelos mais distintos contextos culturais, étnicos que apresenta no cuidar, educar e proteger. O Filme Começo da Vida, vem nos ajudar na reflexão e no fazer, com a Primeira Infância. Fazer este que é sempre um recomeço, pois para cada criança uma nova relação vincular se instaura, uma díade nova e que sempre renova”.

A exibição fez parte das atividades do programa Mais Infância Ceará, idealizado pela primeira-dama do Estado, Onélia Leite Santana, com o objetivo de capacitar gestores, pais, cuidadores e profissionais que lidam diretamente com os jovens. Ela destacou as semelhanças do tema abordado pelo longa-metragem com o trabalho que vem sendo realizado no Ceará. “Lançamos o programa no ano passado e estávamos trabalhando justamente com isso, com a formação de vida, através de agentes de saúde, educadores infantis, etc. Então, esse filme chega na hora certa”, disse.e com isso, com a formação de vida, através de agentes de saúde, educadores infantis, etc. Então, esse filme chega na hora certa”, disse.

Estiveram também presentes na exibição a vice-governadora do Estado, Izolda Cela; o secretário da Cultura, Fabiano Piúba; o secretário das Cidades, Lúcio Gomes; o presidente do Iplanfor, Eudoro Santana; a primeira-dama do município de Fortaleza, Carol Bezerra; o CEO do Instituto Alana e produtor do filme, Marcos Nisti; o presidente e o diretor da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, Eduardo Queiroz e Eduardo Marinho, respectivamente; o coordenador do escritório do Unicef para os estados do Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte, Rui Aguiar; além de gestores e delegações de 40 municípios do Estado.
A produção

O documentário baseia-se em um dos maiores avanços da neurociência sobre os primeiros anos da primeira infância, período que vai da gestação aos seis anos. Para a realização, a diretora Estela Renner entrevistou especialistas e visitou famílias das mais diversas culturas, etnias e classes sociais nos seguintes países: Brasil, Canadá, Índia, China, Quênia, Itália, Argentina, Estados Unidos e França. Famílias como a de Gisele Bündchen e de Phula, uma menina indiana que cuida sozinha dos irmãos em uma comunidade em meio a obras em construção, mostrando como os cuidados e as relações nesse período são fundamentais para o desenvolvimento do indivíduo e têm impacto em todos os anos posteriores.

O 'Começo da Vida' é uma produção da Maria Farinha Filmes, apresentado pelas instituições Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, especialista em Primeira Infância; Fundação Bernard Van Leer, que busca levar oportunidades a crianças carentes; Instituto Alana que tem como missão “honrar a criança” e o UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância).
Postar um comentário