Lomadee

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Gasto | Prefeito de Sobral abre inquérito sobre sanduicheiras de R$ 2,4 mil

O prefeito de Sobral, Veveu Arruda (PT), instaurou inquérito administrativo para apurar supostas irregularidades na compra de sanduicheiras para escolas do Município. A aquisição de itens do tipo em 2014 causou polêmica pelo alto custo unitário, com cada sanduicheira saindo por R$ 2,4 mil.
Segundo dados do Tribunal de Contas dos Municípios, foram adquiridas dez sanduicheiras “do tipo doméstica, com lâmpada e capacidade para dois lanches” por R$ 2.416,00 a unidade. No comércio local, item sai a R$ 80. Inicialmente, a Prefeitura afirmou que a compra se tratava de sanduicheiras industriais, com capacidade maior do que a declarada ao TCM.
Após divulgação da matéria, a gestão lançou nota anunciando inquérito sobre o caso. Ela afirma que a compra ocorreu por licitação que “seguiu rigorosamente todos os trâmites legais”. Ela destaca que, conforme manda a legislação em vigor, o certame levou em conta apenas o menor “valor global” apresentado, sem levar em conta itens isolados.
A Prefeitura destaca que, apesar do caso das sanduicheiras, lote vencedor era 33% mais barato que o 2º colocado na licitação, e que empresa vencedora nunca ofereceu problemas na entrega do material. Certame inclui outros itens com aparente sobrepreço, como batedeiras de 6,5 litros por R$ 1,2 mil – no mercado, são encontradas unidades a menos de R$ 300.
Disputa eleitoral
Notícia da compra das sanduicheiras teve grande repercussão nas redes sociais e canais de notícia da região. Sinais de ano eleitoral: Neste ano, Sobral deve ter uma das disputas mais acirradas da região, com Ivo Gomes (PDT) e Moses Rodrigues (PMDB) despontando como favoritos no pleito.
Com Informações do O Povo
Postar um comentário