Lomadee

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Comunidade Shalom de Sobral realiza campanha para prevenir contra drogas

A Comunidade Católica Shalom em Sobral lançou mais uma edição da Campanha anual Vida Quero Mais (CVQM), que tem como tema ‘A Vida não é uma droga’. O objetivo da campanha é conscientizar e prevenir sobretudo o público jovem acerca do uso de drogas.

Durante o mês, missionários da Comunidade Shalom realizam palestras em escolas públicas de Sobral, com momentos de oração, testemunho de pessoas que foram resgatadas das drogas além de apresentações teatrais. A campanha também inclui ações nas cidades de Massapê, Fernandes, Alcântaras, Cariré, Forquilha e Coreaú.

Nesta quarta-feira (22), acontece, no Centro de Evangelização Shalom Sobral, um ‘Papo Cabeça’ voltado para o público jovem e universitário, que contará com uma palestra da consagrada da Comunidade de Aliança e professora Doutora da Universidade do Vale do Acaraú (UVA), Cibelly Freitas, que abordará o tema das drogas, com dados sobre o conexto situacional do seu uso no Brasil, os diversos tipos e malefícios ao organismo. Os participantes receberão certificado de participação em curso de 4h, expedido pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UVA.

A programação da campanha durante a semana inclui ainda uma missa para as ‘mães que rezam pelos filhos’, uma celebração voltada à intercessão pelas famílias que possuem pessoas envolvidas com as drogas. Será nesta quinta-feira (23), às 19h30, na Comunidade Shalom (Campo dos Velhos).

Copa Shalom
Entre os dias 26 e 28 de agosto, será realizada ainda a Copa Shalom, que também faz parte das ações da Campanha Vida Quero Mais. O objetivo é atrair jovens e oferecer uma proposta sadia de lazer, mostrando que é possível se divertir sem o uso de drogas. Mais detalhes da competição serão divulgados posteriormente.

Projeto Volta Israel
A Comunidade Católica Shalom em Sobral, por meio do Projeto Volta Israel, já desenvolve atividades de conscientização contra o uso de drogas e reinserção social de pessoas que sofrem de dependência química. Além de grupos onde é utilizada a metodologia dos 12 Passos para resgate da dignidade, o projeto realiza atendimento ambulatorial e acompanhamento de dependentes químicos, os quais podem ser encaminhados para comunidades terapêuticas.

O projeto atua também em parceria com instituições como a Fazenda da Esperança e os Núcleos de menores infratores em regime semiaberto e fechado de Sobral.
Postar um comentário